Google+ Followers

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

A arte do Mestre Valentim - 5




No belvedere ou terraço que Valentim projetou para admirar a Baia da Guanabara, vê-se uma pequena fonte, com a figura de uma criança, na face oposta a fonte dos jacarés.

Originalmente a fonte era composta por um menino de mármore segurando um cágado, que por sua vez lançava água para um barril de granito. A legenda "Sou útil, inda que brincando", acompanhava a escultura.

A escultura do menino da bica, chamada de gênio de mármore pelo historiador Monsenhor Pizarro, foi substituída por uma cópia de chumbo, fundida em 1841, bem como, criado um barril para saída da água degrau de granito
A réplica da escultura foi criticada por muitos historiadores, pois foi confeccionada com o dobro do tamanho da original.

A réplica em chumbo também foi outra vítima do vandalismo. Em 1992, seus braços foram cortados e a faixa arrancada, sendo restaurada em 1995.

 Em 1994 em chumbo

Em 2001 novamente seus braços foram arrancados, exigindo outra intervenção.

Perante esses sucessivos danos na peça em chumbo, a Prefeitura refez uma réplica em bronze com o intuito de preservar o original de 1841.

 Em 2004 em bronze

A nova peça foi instalada e guardada a de chumbo no depósito da Prefeitura. Repetindo, em 2007 parte da figura foi serrada e furtada.

                
 2007 em bronze

Em 2011 nova faixa foi executada e instalada na escultura do Menino recompondo  o conjunto.

   2011 em bronze

Atualizando, no ano de 2016,  novamente a escultura foi danificada, com a perda da mão direita e a tentativa que furtar o braço esquerdo.  Essa a peça foi removida,  para a restauração, o que  não foi realizada até maio de 2017, permanecendo o espaço vazio.

2016 
                                                                                                                                                   2017