Google+ Followers

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

A arte do Mestre Valentim - 4

O arquiteto do Passeio Publico

Mestre Valentim projetou o Passeio Publico, traçando as alamedas em linhas retas formando desenhos geométricos de diversos tamanhos. As duas principais na forma de uma cruz.

                                   

Por trás da Fonte do Jacarés, construiu duas escadas de pedra que levavam ao belvedere, que se debruçava sobre a Baía da Guanabara. O terraço tinha piso de mármore policromado em preto e branco. Junto ao parapeito, sofás de alvenaria, revestidos por azulejos de inspiração mourisca.

                                         

Hoje o que resta, é mural em gnaisse, que finaliza a Fonte dos Jacarés e permite o acesso ao antigo terraço por escadas. O mural, em blocos macicos, é esculpido em volutas, finalizado com o pedestal para o medalhão da coroa. O guarda corpo que protege a escada é outro esmero do mestre, que a realizou em ferro fundido forjado, isto é, as barras foram modeladas quentes até atingir a forma desejada sem nenhum parafuso ou solda.

                                           
       

O medalhão símbolo da coroa portuguesa, com as armas do Vice-Rei D Luiz de Vasconcelos, em pedra lioz é original do período colonial brasileiro e encontra-se de desgastada pelo tempo. Minuciosamente trabalhado em um bloco maciço, guarda até os dias de hoje o desenho barroco do Mestre.