segunda-feira, 1 de março de 2010

Chafarizes na Praia de Botafogo - A busca de suas histórias.



Nas pesquisas sobre a histórias dos chafarizes, quando se detem sobre a Praia de Botafogo, percebem-se muitas lacunas. O primeiro que se conhece é o da "Garça", que pode ter sido instalado após a implantação do jardim em 1954 por Burle Marx. Esse trecho ajardinado foi concebido para ser apreciado em movimento, o "Park-Way" e o chafariz é um dos elementos que associa essa idéia.

Este se situava num trecho central, na frente aonde hoje está a sede da Fundação Getulio Vargas.



O belo pássaro de bronze com cerca de um metro de altura, de autoria desconhecida, jorrava água de seu bico para o alto fazendo um belo contraste.

Quem o executou, quando e como desapareceu ainda são questões a serem descobertas. Somente através de fotografias se conhece a sua existência.

Com o seu desaparecimento, sem um documento que comprove a data, verifica-se que para completar o local, já que existia um pedestal e um lago, resolveram instalar ali um novo elemento, um vaso de mármore de carrara. Essa nova peça com altura semelhante, tem sua história como outra incógnita.


Como em 2007 descobriu-se a procedência de outro vaso semelhante a este, que existe na Praça Jose Acioli na Lagoa Rodrigues de Freitas, quem sabe descobrindo a procedência deste, da Praia de Botafogo, encontra-se o valor da obra.

Nesse mesma condição esta o "Chafariz Estrêla" distante deste último a cerca de cem metros. Esse é assim denominado devido a tubulação que joga a água em forma de estrêla, com um jorro de água central de cerca de dez metros.

Quando foi construido? Que o idealizou? São questões que perduram, que só serão respondidas por pesquisas ou quem sabe por documentos de moradores ou instituções da região.



Veja a ficha cadastral:

http://inventariodosmonumentosrj.com.br/index.asp?iMENU=catalogo&iiCOD=302&iMONU=Chafariz%20do%20Vaso%20na%20Praia%20de%20Botafogo

5 comentários:

  1. Prezada Arquiteta Vera Dias,

    Primeiramente, meus Parabéns pelo seu Blog "As histórias dos monumentos do Rio de Janeiro"!

    Fiquei surpreso pelo "roteiro percorrido" pela estátua "A Mulher com Anfora" do post anterior! Que história curiosa!

    Então, gostaria de saber, por favor, se teria a informação do material que foi utilizado para confecção das estátuas localizadas na Praça Tiradentes e no Passeio Público. Sinceramente falando, se percebe, visualmente, o material grosseiro. Espero não estar enganado quanto ao que vejo. Entendo que, com a preocupação pelo que se tornou corriqueiro o furto de bronze e metal fundido, se pensou em uma forma mais barata para adornar praças públicas.

    Sugiro, para futuros posts, um local rico em monumentos/estátuas. Cemitério São João Batista, em Botafogo. Pode parecer muito estranho, mas este local já foi, por diversas vezes, um passatempo meu enquanto esperava ficar pronto outros assuntos pessoais. Passeando por lá me deparei com cada riqueza em termos de esculturas! Formas, detalhes, desenhos...

    Cordialmente,

    Hélio Shiino
    Rio de Janeiro - RJ

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de fazer uma retificação do comentário que eu fiz ontem (15/mar/2010.
    Não são as estátuas do Passeio Público que eu quis fazer referência, e sim as estátuas da Praça Paris que fica próxima ao Passeio Público. Fiz uma ligeira confusão.

    Passei várias vezes em frente à Praça Paris e parece-me que, depois da reforma, depois que colocaram a grade de proteção em volta da Praça, incluíram algumas estátuas que ao meu ver, parecem que foram feitas de cimento...

    A mesma impressão eu tenho das estátuas que foram colocadas na Praça Tiradentes em volta da estátua de D. Pedro I. Não me parece que foram feitas de bronze nem de ferro fundido. Tem uma coloração fosca demais para tal.

    Não poderia deixar de fazer um comentário descontraído. (riso) Estátua de D. Pedro I na Praça Tiradentes... E a estátua de Tiradentes? ...em frente à ALERJ. Ok, Ok. ALERJ se localiza no Palácio Tiradentes. (riso)
    Até, Hélio Shiino.

    ResponderExcluir
  3. Vera,
    Parabéns pelo seu Blog, seu trabalho está ótimo,creio que sou suspeita em falar pois além de trabalharmos juntas admiro voce profissionalmente e pessoalmente também.
    Muitas conquistas e vitórias para voce.

    ResponderExcluir
  4. vera,
    parabens pelo importante trabalho q a senhora desenvolve.estou elaborando um trabalho para revitalizar a ilha de paquetá,e a senhora seria uma importante colaboradora do projeto.se interessar a senhora ,ficarei muito feliz em te-la como parceira.meu email é carlosnorotico@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Vera, aluno ou ex aluno continuo seu fã.

    Bastante saúde pra ti e nesta data especial,feliz natal para você e todos que te amam
    Eduardo Madureira -
    fiss- dezembro 2011

    ResponderExcluir